Alimentação na primeira infância. Um cuidado que vale para a vida toda.

Primeira infância: principais mudanças nos primeiros anos da criança

por Equipe Danone Nutricia

Alimentação na primeira infância. Um cuidado que vale para a vida toda.

A fase muda, mas o cuidado continua: essa é a premissa do maternar, que passa por mudanças transformadoras nos três primeiros anos da criança. É o que chamamos de primeira infância: fase de desenvolvimento da criança que vai de 1 a 3 anos de idade. Em apenas 3 anos de vida, as crianças passam por mudanças rápidas de desenvolvimento, mudando suas necessidades e a forma como enxergam o mundo à sua volta.

Nesse sentido, é importante que a criança seja nutrida de todas as formas para que seu desenvolvimento e percepção sejam completos. Além da nutrição adequada nos primeiros anos de vida, a criança precisa de estímulos externos para o seu desenvolvimento.

Veja quais são as principais mudanças na primeira infância e como estimular o desenvolvimento da criança em cada fase:

Principais mudanças na primeira infância

A criança em desenvolvimento passa por mudanças rápidas, tendo seu crescimento acelerado. Com o desenvolvimento motor, logo no primeiro ano as crianças começam a dar os primeiros passinhos, usar as mãos para agarrar e segurar objetos. Quando se desenvolvem um pouco mais, começam a imitar sons semelhantes a palavras e imitar o que outras pessoas fazem e falam. Neste momento de transição e de aprendizagem os pais devem estimular as crianças com atividades e brincadeiras lúdicas, sensoriais e motoras.

Brincadeiras e atividades de 1 a 3 anos:

  • Brincadeira de faz de conta: brincar de médico, veterinário, cozinheiro, professor.. são inúmeras possibilidades que as crianças podem embarcar de acordo com a própria imaginação, afinal, elas têm a tendência a imitar profissões. Essa capacidade de encenar é muito importante e deve ser estimulada pelos pais! A ação do adulto como companhia de brincadeira oferecendo orientações eleva o nível do desenvolvimento infantil.
  • Desenhar e pintar: essa é outra proposta de expressão de forma lúdica e criativa. Nessa idade, a criança já desenha e pinta figuras, conhece as cores e dá nome às coisas que cria. Nessa fase, é bacana introduzir outros materiais além de lápis, como tintas, adesivos, lantejoulas, colas coloridas e outros
  • Construir: as crianças adoram montar objetos!O diferencial dessas brincadeiras é que são projetos que podem levar até mais de um dia para ficar pronto e podem ser utilizados diversos materiais, como caixas de papelão, argila, tubos, tecidos. Sempre com a supervisão de um adulto.
  • Dançar: atividades lúdicas estimulam o desenvolvimento motor e sensorial!;
  • Brincadeiras com água ou areia: brincadeiras externas com outras texturas são as preferidas das crianças.

Ser mãe de verdade é estar atenta às mudanças e se adaptar em cada fase. Estimulamos todo tipo de cuidado e desenvolvimento das crianças na primeira infância: uma janela de oportunidades para o crescimento saudável e completo do seu filho. Por isso, estimular o desenvolvimento das crianças na primeira infância é tão importante.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE INFORMA: O ALEITAMENTO MATERNO EVITA INFECÇÕES E ALERGIAS E É RECOMENDADO ATÉ OS 2 (DOIS) ANOS DE IDADE OU MAIS.  

APTANUTRI 3 NÃO CONTÉM GLÚTEN. 

Consulte sempre seu médico e/ou Nutricionista. 

Referências

Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal em parceria com o Ibope – “Primeiríssima infância – Creche – Necessidades e Interesses de Famílias e Crianças”, 201Cartilha do Governo:
http://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/crianca_feliz/CartilhaCriancaFeliz_web.pdf  
Texto Aptanutri:
Clique aqui para ler.

Brinquedos e brincadeiras para crianças pequenas: 
https://www.fmcsv.org.br/pt-BR/biblioteca/brinquedos-brincadeiras-criancas-pequenas/?gclid=Cj0KCQjwxJqHBhC4ARIsAChq4auOMcLEm2N9yk1DPkUtM711uFvg-_VfH8lJ6OXy0XAvpT71udjMaH4aAsYYEALw_wcB.

Nós usamos cookies para operacionalizar o site e melhorar cada vez mais sua experiência de navegação. Para mais informações acesse a Política de cookies | Política de privacidade.

Prosseguir