Fases da alimentação infantil: nutrindo desde cedo

Conheça as fases da alimentação infantil e saiba a importância de garantir uma alimentação saudável na infância. Confira!

A boa nutrição é essencial ao crescimento e desenvolvimento saudáveis da criança. Ao oferecer uma variedade de nutrientes, limitar o consumo de açúcares e gorduras saturadas e criar um ambiente positivo durante as refeições, os pais e cuidadores podem ajudar os pequenos a desenvolverem uma relação saudável com a comida desde cedo. Mas você sabe como garantir uma alimentação saudável na infância?

A resposta é simples: oferecendo uma dieta balanceada, que inclua uma ampla variedade de alimentos, desde a introdução alimentar. Porém, é preciso estar atento a cada uma das fases da alimentação infantil.

A partir dos 6 meses

Além do leite materno, outros alimentos devem fazer parte da alimentação da criança. Recomenda-se apresentar a ela a maior diversidade possível de alimentos saudáveis, começando com pequenas quantidades.

Alimentação de 1 a 3 anos

A alimentação de bebê de 1 ano é de extrema relevância, por conta de seu intenso desenvolvimento. Pode-se manter a amamentação por dois anos ou mais, porém, é importante introduzir alimentos de elevado valor nutricional. Algumas dicas práticas para essa fase incluem:

  • Em caso de recusa alimentar, espere alguns dias e volte a oferecer com alimentos que que ele já gosta.
  • Não gostou da cenoura amassada? Ofereça em pedaços maiores, para que ele possa pegar com a mão.
  • Preparações úmidas são mais facilmente aceitas, já que a mastigação ainda está sendo desenvolvida.

Sugestão de cardápio infantil - 1 a 2 anos

Café da manhã: leite materno e fruta ou raízes/tubérculos (aipim/macaxeira, batata-doce, inhame).

Lanche manhã: fruta e leite materno.

Almoço e jantar (é indicado conter):

  • 1 alimento do grupo dos cereais ou raízes/tubérculos;
  • 1 alimento do grupo dos feijões;
  • 1 ou mais alimentos do grupo dos legumes e verduras;
  • 1 alimento do grupo das carnes e ovos.

Sobremesa: um pedaço pequeno de fruta.

Lanche da tarde: leite materno e fruta ou raízes/tubérculos (aipim/macaxeira, batata-doce, inhame)

Já a alimentação ofertada às crianças de 2 a 3 anos de idade, que nessa altura já deve ser composta de hortaliças, cereais, tubérculos, leguminosas e carnes, pode ser distribuída entre 5 refeições/dia, com café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

Dica importante

Oferecer frutas, no lugar de sucos, é mais saudável para a criança. A fruta tem mais fibras, estimula a mastigação e não necessita de adição de açúcar.


Referências

Leia também

x